Buscar
  • Fixe Tour

Amarante: arquitetura e folclore que impressionam


Amarante é conhecida pela cidade que acolheu São Gonçalo - um beato que marcou a história dos amarantinos. Pertencente ao Distrito do Porto e com apenas 11 mil habitantes, a cidade é cortada pelo rio Tâmega, tem um visual incrível e uma arquitetura conservada que certamente fará você se encantar.


Para quem gosta de cultura e folclore, Amarante não deixa a desejar. Os moradores adoram conversar sobre a região e fazem questão de contar toda a história que envolve esse lugar pequeno, mas cheio de encantamentos.


Mosteiros, conventos, museus e gastronomia típica fazem da cidade um dos locais mais interessantes de se conhecer em Portugal.


O que fazer em Amarante?

Passear pelo centrinho, conhecer o Museu Amadeo de Sousa-Cardoso e curtir a tarde com um café na Confeitaria da Ponte é uma boa pedida para o primeiro dia. Mas não para por aí, pois os amantes de vinho precisam passar pela Casa de Cello e viver a experiência no programa Enólogo por um dia.


Amarante vem do grego e significa “Aquele que merece”. Só pelo nome já dá vontade de passear por lá, não é verdade?


Outra experiência imperdível na cidade é conhecer a Ponte de São Gonçalo - a principal de Amarante. A ponte foi destruída e reconstruída algumas vezes ao longo dos séculos. Em 1763, por exemplo, a ponte ruiu após cheias do Rio Tâmega.

Após cruzar a Ponte de São Gonçalo e conhecer a história de tudo que aconteceu ao redor dela, vale a pena uma passadinha na Igreja de São Gonçalo - a maior e principal da cidade. A construção é do século XVI e registra a história e vida de São Gonçalo, que tem seu túmulo no local.


Uma cidade cheia de doces incríveis

Se você gosta de um docinho e não renuncia a conhecer a gastronomia local, precisa conhecer os muitos doces da região. Prove sem medo delícias como Lérias de Amarante, São Gonçalos, Papos de Anjo, Foguetes e Brisas do Tâmega.


E prepare-se para conhecer os famosos quilhõezinhos Amarante - doce oferecido às escondidas durante o Estado Novo. Considerado um atentado imoral na época, hoje arranca gargalhadas dos turistas.


Há vários nomes para esta delícia amarantina, mas doces fálicos é o que melhor o designa por conta do seu formato. Além disso, para as mulheres solteiras à procura do amor, a lenda de Amarante diz que qualquer pessoa que tocar o túmulo de São Gonçalo conseguirá um par no espaço de um ano.


1 visualização0 comentário